terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

"Novo" meio de transporte

Hoje tivemos de achar um meio de transporte alternativo para levar o Guilherme para o colégio, pois o papai deixou o carro na revisão.
Como moramos relativamente perto da escola, uma boa ideia foi usar a bicicleta. Não preciso nem dizer que o Guilherme adorou, né?
Eu e o Gustavo não participamos da aventura (ele ficou em casa e eu já estava no trabalho).
Bom, essa semana vai ser assim. Ida e volta da escola de bicicleta e Guilherme com um guarda-sol na mão para se proteger do calorão que está fazendo aqui.
Acho que agora o problema vai ser quando papai pegar o carro de volta...

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Primeiro banho sozinho


Guilherme tomou hoje seu primeiro banho sozinho.
Há uma semana mais ou menos tenho começado a falar que ele já tem idade para fazer algumas coisas sozinho. Começei a explicar mais detalhadamente como deve ser o banho. Disse que a primeira (e a última) coisa que lavamos são as mãos, depois, começa a lavar de cima para baixo.
Fiquei do lado de fora dando as orientações. Ele se saiu muito bem! Tirou a roupa, entrou no box, ligou o chuveiro, regulou a temperatura da água sozinho e foi me perguntando: "mamãe, a primeira coisa é a mão?". Isso mesmo! Colocou o shampoo na quantidade certa (sem desperdício) e fez espuma no cabelo. Depois foi lavando a barriga, braços e daí por diante. Na hora de lavar os pés, aconselhei que sentasse no tapetinho próprio que deixo dentro do box.
No final ele se enxugou sozinho, sem deixar a toalha encostar no chão!
Achei o máximo! E percebi que ele também se sentiu um rapaz!
Mamãe ficou muito orgulhosa!!!


terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Vale a pena postar - parte II

Outra aventura inesquecível aconteceu há mais ou menos 4 meses...

Como sempre, nosso almoço dá muito o que falar. Era um final de semana. Fomos a uma churrascaria que já conhecemos e que gostamos bastante, principalmente por dispor de uma brinquedoteca ao lado de algumas mesas. Chegamos cedo para pegar a que fica de frente para a entrada e saída da brinquedoteca.
Nossa ideia era deixar as crianças lá e almoçar tranquilamente... mas, mãe que é mãe, sempre oferece comida para os filhos.
Passou um garçom oferecendo linguiça de frango, que o Guilherme adora! Não pensei duas vezes, espetei uma no garfo e ofereci para ele, só que quando  virei o garfo para ele ver, a linguiça voou longe e passou perto da cara do graçom... todos em volta riram e eu tive um ataque de riso que durou um tempinho (essa até que foi fichinha!).
Na saída, superada a "crise da linguiça", fomos pegá-los na brinquedoteca. Guilherme foi no colo do pai e Gustavo no meu. Além das crianças, estávamos carregando vários brinquedos. Caiu um, Emerson pegou. Caiu outro, Emerson pegou de novo (a essa altura eu já estava rindo). Quando caiu o terceiro, coloquei o Gustavo no chão para ele pegar, só que ao invés disso, ele saiu correndo pela churrascaria e eu, de salto alto, fui atrás.
Ele corria por entre as mesas e eu atrás rindo e correndo o mais rápido que podia. Até que Gustavo resolveu entrar na cozinha! Acelerei o passo e quando percebi que o chão estava todo engordurado já era tarde, eu já estava no chão e, claro, morrendo de rir! Nessa hora pelo menos o Gustavo parou de correr (ufa!). Quando levantei a cabeça, tinham vários garçons na cozinha me olhando, inclusive aquele que quase foi atingido por uma linguiça! Ele deve se lembrar de mim até hoje! =/
Levantei rapidinho, nem olhei para os lados e saí quase não me aguentado de tanto rir!!!
Quando encontrei com o Emerson na saída e contei o que tinha acontecido ele falou: "não acredito que eu perdi essa!"
Foi tão engraçado que quando cheguei em casa ainda estava com crise de riso ;)

Vale a pena postar - parte I

As crianças estão dormindo, maridão vendo jornal, então, vou aproveitar e postar alguns acontecimentos antigos (antes do blog ser criado) que merecem ficar registrados.

Fizemos uma viagem a Natal em junho do ano passado. Chegamos por volta das 23h40, só que até dormirmos aconteceu muita coisa...

Primeiro resolvemos ir atrás de um Mc Donalds, pois é a única lanchonete que eu sabia que tinha um pão que não levava leite (sou intolerante à lactose). Eu estava sem comer desde as 16h30 e a essa altura já estava roxa de fome! Rodamos a cidade inteira atrás de um, mas tivemos que parar em outro restaurante super longe, pois o Mc era mais longe ainda!
Resumindo: fomos chegar no hotel umas 2h da manhã. Nisso o Gustavo acordou e foi aquela confusão! Pois bem, quando consegui fazê-lo dormir, Guilherme acordou morrendo de dor no ouvido, por conta do voo! Ficou gemendo a madrugada inteira, até que nos rendemos e o Emerson foi à farmácia com ele comprar um remédio. Acabamos indo dormir às 04h30!!!!!!!! E o pior é que na noite anterior eu tinha ido dormir às 02h da manhã arrumando as malas e ainda acordei às 06h p ir trabalhar!!! Affffff!
Na manhã seguinte à nossa chegada em Natal, lógico, o Gustavo se encarregou de nos acordar cedo para não perdermos o lindo sol que estava fazendo. Que bom, não? =/
Pelo menos o Gui também acordou cedo (achamos que ele ia dormir a manhã inteira) e no final das contas aproveitamos o nosso primeiro dia de praia!

Mais uma tatuagem...


Guilherme ficou todo feliz com essa nova tatuagem, também dada pela minha colega de trabalho, Raquel (1º post de janeiro).
"Obrigado tia Raquel!".
Papai tem ficado preocupado... não quer que ele tome gosto pela coisa =)

Crianças na cozinha


Ontem foi dia de fazer bolo! Guilherme já estava me pedindo há alguns dias para fazer um bolo de cenoura (é o único que ele come). Ontem, como estava de folga em casa, resolvi colocar a mão na massa. As crianças, é claro, me ajudaram. Bom, Gustavo mais bagunçou... Guilherme até que ajudou mesmo (ralou um pouco da cenoura, colocou todos os ingredientes e enquanto eu untava a forma ficou "batendo" a massa) e até deu um toque especial à receita: sugeriu que colocássemos o granulado que sobrou da festinha do Gustavo. Ficou ótimo!
Utilizamos, pela primeira vez, o forno e o timer do nosso novo fogão, que compramos esses dias.
Papai, do alto de seus 1,90m, foi o encarregado pela foto!
Ah, detalhe: Guilherme sequer provou um pedacinho do bolo. Já o Gustavo...

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Desfralde completo!

Faz mais ou menos 2 semanas que o Gustavo está dormindo sem fralda, e o melhor, sem nenhum acidente! Meu garotinho já está ficando um rapaz! Por incrível que pareça, o desfralde noturno foi mais fácil. Durante o dia tínhamos alguns acidentes (hoje já não temos mais). Posso até dizer que ele definitivamente não usa mais fralda, pois ontem passamos por um grande teste no qual Gustavo tirou nota 10! Estávamos numa pizzaria sem um banheiro por muito perto. Gustavo começou a falar que queria fazer cocô. Fui até o garçom perguntar aonde tinha um banheiro. Enquanto isso só falava para o Gu segurar. Ele agüentou direitinho até chegarmos ao banheiro, eu limpar o vazo e tirar a calça e cueca dele. Mamãe está muito orgulhosa!

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Manias do Guilherme

Não posso deixar de registrar aqui algumas manias esquisitas do meu filho mais velho. Normalmente essas manias atrapalham muito o meu dia-a-dia, já que estou sempre com pressa ou atrasada para algum compromisso.

Durante o dia acontece mais ou menos assim:

No café da manhã, ele só começa a tomar a vitamina quando está passando algum desenho (se estiver na propaganda, mesmo que sejam aquelas propagandas divertidas ele não toma!);

Para escovar os dentes eu não posso pegá-lo pela mão, só posso chamá-lo. Se o pegar ele volta tudo para ir sozinho. Além disso, ele só escova os dentes se eu estiver sentada e ele deitado no meu colo. No final, para bochechar, eu tenho que colocar a água na boca dele 3 vezes;

Durante o banho tem mania de ficar mordendo a mangueira do chuveirinho, o que interrompe o fluxo de água;

Só almoça com um copo de água. Se por acaso esquecermos de levar o copo, ele sequer come a primeira colher. Falando em colher, não podemos encher ou deixar a colher muito vazia na hora de oferecer a comida, pois ele reclama (tem que ser na quantidade que ele acha certa);

Não usa calça ou short jeans porque diz que a parte do zíper fica levantada quando ele senta. Só gosta de shorts de malha, bem soltinhos;

Sempre que saímos de carro, mesmo que seja para um lugar perto, tira os sapatos (e para piorar o irmão sempre quer imitar);

Depois que faz xixi troca o short ou cueca, mesmo que não estejam sujos (aí bagunça a gaveta toda procurando as roupas);

Quando corto suas unha, não posso cortá-las até o fim, tenho de deixar "penduradas" para ele arrancar todas...

Essas são algumas manias que eu me lembro. Nada impede que essa lista cresça mais um pouquinho =)

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Festinha do Gustavo - 2 anos!



Anteontem, dia 7, Gustavo completou 2 aninhos! Fizemos uma festinha no salão do nosso bloco. Foi uma coisa simples, só para os familiares mais próximos e os coleguinhas da quadra. Papai e eu ficamos a tarde inteira decorando o salão, e o resultado foi esse. Não ficou uma gracinha?

O tema da festa não poderia ser outro senão "Toy Story". O Gustavo é apaixonado pelo desenho! Quando ele chegou no salão e viu tudo pronto ficou doidinho! Queria mexer em tudo e não parava de falar: "Woody, Woody", "Buzz, Buzz", "abeça tatata (Sr. Cabeça de Batata)", "Rex"...

Fiz questão de organizar toda a decoração. Adoro fazer essas coisas e tenho boas lembranças de quando era criança e ficava a família toda  fazendo brigadeiros, bolo, cachorro quente... naquela época não era costume contratar uma casa de festas e deixar toda a organização por conta deles. Eu adorava ajudar minha mãe a enrolar os brigadeiros e colocar nas forminhas! E foi isso que fizemos dessa vez. Na noite anterior ficamos eu, minha mãe, Guilherme, Gustavo e Papai fazendo os docinhos. As crianças se divertiram, ajudaram a tirar as forminhas, a passar o granulado e, é claro, a comer alguns antes da hora :)
No outro dia, fizemos também cachorro-quente e pipoca e montei a mesa de guloseimas (que eu achei linda!) e os centros de mesa.

Outra boa recordação que tenho das minhas festinhas é do balão gigante cheio de doces. Para mim era a melhor parte da festa. Ficávamos todos em baixo do balão para pegar o máximo de doces possível. Na festa do Gu também coloquei a "pinhaca" (como chamou o Guilherme) no meio do salão. Enchi de doces e brinquedos e a criançada ficava me pedindo o tempo todo para estourar. Acho que eles adoraram!

Alugamos o Buzz Lightyear em 3D, que ficou na porta de entrada do salão e foi a sensação da festa. Todo mundo queria tirar foto com ele. Tinha também pula-pula e piscina de bolinhas para a garota brincar!


Fazer a comemoração nessas casas de festas é o máximo! Mas nada é melhor do que o prazer de organizar tudo, montar, decorar, criar, contar com a ajuda dos filhos e ver a felicidade no rostinho deles no fim da festa, estourando os balões e sabendo que, no final, tudo deu certo! Voltei um pouco no tempo e revivi toda     essa alegria também!

sábado, 4 de fevereiro de 2012

O susto que o Gustavo me deu hoje

Hoje passei por um grande susto. Fui com minha mãe e as crianças a uma loja de doces. Em questão de segundos Gustavo saiu correndo para pegar chiclete. Saí correndo atrás dele do jeito que pude, pois ainda estou com o dedo do pé doendo, só que ele foi bem mais rápido que eu...
A loja era cheia de corredores, quase como um labirinto, e o perdi de vista rapidinho.
A primeira coisa que fiz foi ir para a porta para ver se ele tinha saído. Tinha uma rua bem na frente e essa era a minha maior preocupação. Olhei para os lados e nenhum sinal dele. Expliquei rapidamente para uma das vendedoras e pedi que ela ficasse do lado de fora "vigiando".
Ainda não tinha falado com a minha mãe, que estava do outro lado com o Guilherme.
Voltei para a loja e corria feito doida o chamando pelo nome e olhando para todos os corredores. Nada... rodei a loja toda várias vezes gritando e foi assim que minha mãe ficou sabendo que ele tinha sumido. Começei a ficar desesperada, meus olhos começaram a se encher de lágrimas.
Minha mãe, vários clientes e vendedores começaram a me ajudar, até que, depois de um tempo (que para mim foi uma eternidade), um dos vendedores o achou, o levantou no colo e começou a perguntar se ele que era o Gustavo. Detalhe: ele estava atrás de uma coluna de doces, no final do corredor, com um saco cheio de pirulitos, como se nada estivesse acontecendo. Ele nem sentiu a minha falta!
O abracei, começei a chorar de alívio e ele ficou me olhando com a cara mais natural do mundo.
Nunca tinha acontecido isso antes! Guilherme, que já é maior, viu como eu estava abalada, me abraçou um tempão e ficou me enchendo de beijos (só assim para eu arrancar um carinho do meu filho mais velho).

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Engraçada comidinha - nhãm nhãm nhãm


Esse foi o prato que fiz para o Gustavo no almoço hoje e ele amou! Foi uma homenagem à nova propaganda do Discovery Kids que tem exatamente o nome do título dessa postagem e que meus filhos adoram.
Trata-se de um estímulo que o canal a cabo está dando para as crianças se alimentarem melhor (Gustavo não precisa, mas em compensação o Guilherme...). Eles rodam uma vinheta bem chamativa e começam a dar a receita de uma "engraçada comidinha". Meus filhos param tudo para ver. Algumas que já vimos são: coelho, poli chinelo, flor, peixe... Muito legal!!!
Tentei usar essa tática com o Guilherme, mas como já disse, ele só costuma almoçar arroz, frango e farofa com ovos. A "engraçada comidinha" dele também foi uma carinha, só que feita com arroz, brócolis, carne e cenoura, mas foi só ele ver o prato que começou a gritar "não quero comida engraçadinha, não quero comida engraçadinha" (inverteu até o nome da propaganda).
Apesar de o Guilherme amar essa propaganda, tenho que reconhecer que a primeira tentativa foi frustrada e o prato dele continuou "sem gracinha", como sempre!