sexta-feira, 31 de agosto de 2012

O sofrimento nosso de cada dia

Para mim, uma das tarefas mais difíceis é escovar os dentes das crianças.
Guilherme já tem 5 anos. Teoricamente deveria fazer isso sozinho, mas não! Assim que acorda, toma sua vitamina VENDO DESENHO (e esse é o principal problema). Começa a assistir e não quer mais parar. Fica viciado, vidrado, alucinado! Faço mil chantagens para conseguir levá-lo ao banheiro. Já inventei diversas brincadeiras - faço avião, helicóptero, foguete, levo de cabeça para baixo... Quando consigo, ele não desiste do tal desenho, fica tentando ver pelo espelho do banheiro, que dá visão para a TV da sala (e eu me contorcendo para conseguir escovar direito).
Com o Gustavo meu problema não é o desenho... O problema começa na escovação mesmo. Falando sério, devo levar uns 30 minutos escovando os dentes dos dois! Gustavo tem a mania de ficar abrindo e fechando a boca, às vezes também resolve morder a escova. É uma dificuldade imensa conseguir escovar os dentes de trás, principalmente na lateral. Ele fica conversando muito, brincando com a descarga(!), tentando pegar o sabonete, querendo ver o desenho da escova, enfim, tudo para dificultar a minha vida. Ah, já ia esquecendo: falo mil vezes "só falta dos lados, deixa a mamãe terminar", mas ele finge que não me escuta...
O papai, que é mais esperto do que eu, tem deixado eles irem para a escola (depois do almoço) sem escovar os dentes. kkkkkkk

sábado, 4 de agosto de 2012

Garoto de atitude!


Hoje tivemos uma surpresa!
Estávamos na cozinha quando o Gustavo disse que queria fazer xixi. Como eu ainda fui secar as mãos, ele saiu na minha frente. Quando cheguei no banheiro, vi essa cena. Ele subiu no vaso sozinho, abaixou a cuequinha e fez xixi sem a ajuda de ninguém! Fui correndo pegar a máquina e chamei o papai para ver.
E o mais impressionante é que ele conseguiu acertar o alvo direitinho (não deixou o vaso sujo - o que seria esperado, pois, além de ser criança, é HOMEM... rsrsrsrs).
Não está um rapaz?!

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Dia da fruta

Hoje, surpreendentemente, Guilherme pediu para levar maçã para o colégio!!!
Levei um susto, pois é uma dificuldade fazê-lo comer qualquer tipo de fruta! Na verdade, de vez em quando, ele come maçã (é a única fruta que ele come inteira, sem ser batida no liquidificador em forma de vitamina), mas mesmo assim ele enrola mais do que come...
Quando eu estava arrumando seu lanche hoje, ele veio perguntar se era dia de fruta (no colégio eles elegem um dia da semana, chamado "dia da fruta", e a professora faz "um piquenique" com todas as frutas levadas, de forma a estimular o consumo). Respondi que não (o dia da fruta na sala dele é 2ª feira).
Mesmo assim ele pediu para levar a maçã! Perguntou se ia ganhar adesivo e se seu nome ia ser escrito no quadro com um "parabéns". É claro que respondi que sim, que se ele comesse ia ganhar tudo isso! 
Fiz um bilhete "enorme" para a professora pedindo que, caso ele realmente comesse, ela não deixasse de dar-lhe um adesivo e de escrever "parabéns" (imagina qual não seria a decepção do Gui se não tivesse todo esse reconhecimento!). 
Minha preocupação era tão grande de as professoras esquecerem de "recompensá-lo", que pedi para o pai, que geralmente é quem o leva para o colégio, reforçar pessoalmente com a professora.
Quando voltei do trabalho a primeira coisa que perguntei foi se ele tinha comido a maçã e se tinha ganhado o adesivo.
Ele comeu (metade) e ganhou um belo bilhete na agenda.
Fiz a maior festa e ele ficou todo bobo!