sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Dia de ir ao dentista


Levei as crianças ao dentista hoje de manhã.
Considerando o comportamento deles na última vez, eu estava tranquila, pois no geral não deram trabalho. Hoje não foi diferente.
Por experiência própria, fiz questão de que o Gustavo fosse o primeiro. A dentista até tentou me fazer mudar de ideia, dizendo que o mais velho daria exemplo ao menor para não se assustar. Eu garanti que quem daria exemplo seria o mais novo... ela ficou meio desconfiada, mas eu sabia o que estava falando.
E assim foi. Gustavo sentou na cadeira numa boa, se comportou como um rapaz, não deu trabalho algum. Abriu a boca bem grande, deixou a dentista usar a escovinha elétrica, bochechou e cuspiu na hora certa, deixou passar o fio dental e aquele flúor horrível que fica duro e grudado nos dentes. Ela ficou "boba" rsrsrs
Enquanto isso, Guilherme ficava me fazendo um monte de perguntas. A preocupação dele era com esse tal flúor "durinho que gruda nos dentes". Eu falei que isso era bobagem, não doía e portanto ele não tinha que se preocupar.
Na vez dele, também deu tudo certo! Se comportou muito bem e não deu trabalho. Para a sorte dele e por já estar grandinho, o flúor que a dentista passou era daqueles usados em adultos, que não gruda nos dentes. Ele ficou todo satisfeito!
No final, pelo bom comportamento e por não terem nenhuma cárie, ganharam um monte de tatuagens.

2 comentários:

  1. Que gracinha!!!
    Tenho que aprender com eles... Pense numa véia que dá trabalho na cadeira do dentista... Euzinha! rsrs
    Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Tati! Estou sumida mesmo, nao sei o que houve nao estou com vontade de continuar escrevendo no momento. Mas esta tudo ótimo!! Estou esperando uma menininha!!! Beijao

    ResponderExcluir