sexta-feira, 31 de agosto de 2012

O sofrimento nosso de cada dia

Para mim, uma das tarefas mais difíceis é escovar os dentes das crianças.
Guilherme já tem 5 anos. Teoricamente deveria fazer isso sozinho, mas não! Assim que acorda, toma sua vitamina VENDO DESENHO (e esse é o principal problema). Começa a assistir e não quer mais parar. Fica viciado, vidrado, alucinado! Faço mil chantagens para conseguir levá-lo ao banheiro. Já inventei diversas brincadeiras - faço avião, helicóptero, foguete, levo de cabeça para baixo... Quando consigo, ele não desiste do tal desenho, fica tentando ver pelo espelho do banheiro, que dá visão para a TV da sala (e eu me contorcendo para conseguir escovar direito).
Com o Gustavo meu problema não é o desenho... O problema começa na escovação mesmo. Falando sério, devo levar uns 30 minutos escovando os dentes dos dois! Gustavo tem a mania de ficar abrindo e fechando a boca, às vezes também resolve morder a escova. É uma dificuldade imensa conseguir escovar os dentes de trás, principalmente na lateral. Ele fica conversando muito, brincando com a descarga(!), tentando pegar o sabonete, querendo ver o desenho da escova, enfim, tudo para dificultar a minha vida. Ah, já ia esquecendo: falo mil vezes "só falta dos lados, deixa a mamãe terminar", mas ele finge que não me escuta...
O papai, que é mais esperto do que eu, tem deixado eles irem para a escola (depois do almoço) sem escovar os dentes. kkkkkkk

Nenhum comentário:

Postar um comentário